quarta-feira, 8 de março de 2017

LUA FORA DE CURSO LFC



Hoje vamos falar sobre um fenômeno astrológico muito comum e que afeta a todo mundo gerando muita curiosidade. 

A Lua está sempre em movimento e o espaço de tempo entre seu  último aspecto em um dado signo, até sua entrada no próximo chamamos de Lua Vazia ou Lua Fora de Curso.

Esses espaços de tempo ocorrem mais ou menos a cada dois ou três dias, dependem da posição da Lua em relação a posição do Sol e dos Planetas e sua duração varia de minutos a até três dias.

Os efeitos da Lua Vazia ou Fora de Curso podem ser sentidos nas decisões, nos negócios ou nas compras efetuadas durante esse período, pois não se desenvolvem ou concretizam como gostaríamos que acontecesse. Há interferência e, portanto, seria conveniente evitar tomar decisões ou fazer algo importante durante esses períodos, pois as chances de não dar certo são grandes.

Usando a linguagem da Astrologia, quando a Lua está em um signo e já não tem mais a perspectiva de fazer aspecto ptolomaico (ângulos de 0, 60, 90, 120 e 180 graus) com outro planeta até o final da sua passagem por ele, dizemos que ela está vazia ou fora de curso.
A principal característica da Lua fora de curso (LFC) é o fator "imprevisibilidade". Basicamente, os eventos não têm o desdobramento esperado.

No dia a dia, quando a Lua está fora de curso, há mais chance de atrasos e imprevistos, principalmente se algo envolver resolver assuntos que dependam da ação de outras pessoas.
Por exemplo, se você precisa devolver uma roupa que ganhou e que não serve para você, pode ser que, se for realizar isto durante a LFC, chegue à loja e não encontre o seu número (e precise trocar a roupa por outro modelo), ou haja mais demoras e empecilhos. Também há mais chance de que, durante este momento da Lua, compre coisas que não precisa ou que não tenham a ver com o que você realmente queria.
Qual o efeito prático disto? O que podemos evitar? Em razão do fator imprevisibilidade, em geral evita-se começos importantes nesta Lua, como um primeiro encontro com alguém ou uma primeira consulta com um médico.

Astrólogos recomendam que cirurgias não sejam marcadas cerca de quatro horas antes da Lua fora de curso, pois há possibilidade, se houver atrasos e parte da cirurgia transcorrer nesta condição, de que ocorra mais demoras ou o surgimento de algum obstáculo ou imprevisto. Não precisa ser nada grave, mas quem quer isto durante uma operação?
Por outro lado, a Lua fora de curso tem uma faceta curiosa em eventos mundiais: justamente por ser imprevisível, quando acontece algo importante durante este período, o impacto pode ser bastante grande, com certa dificuldade em avaliar as consequências que aquilo irá gerar.

Podemos citar dois acontecimentos famosos. O primeiro é a queda do Muro de Berlim. Alguém na época tinha ideia de como iria ocorrer a integração entre as duas Alemanhas e todo o impacto que este acontecimento geraria também na questão do comunismo e da então União Soviética, que, após este evento, foi fragmentada em vários países? O outro exemplo é o ataque às Torres Gêmeas, em 11 de setembro de 2001, que deixou o mundo de queixo caído, algo como "não acredito que isto está acontecendo". O acontecimento suscitou muitas incertezas sobre como os Estados Unidos iriam reagir e como ficaria a questão do terrorismo no contexto mundial, se o planeta seria tomado por eventos em série daquele tipo. Felizmente, as piores previsões não se concretizaram, o que, neste caso, pode ter sido um efeito positivo da LFC.
Um exemplo de país com Lua fora de curso os Estados Unidos, tem a  Lua está em Aquário. Aqui o fator imprevisibilidade é reforçado, em razão do signo em que a Lua está, que também tem por característica a possibilidade de ações abruptas e que fogem ao comum. A atuação deste país com frequência é inesperada. Além disso, dentro dele também ocorrem situações coletivas que geram sustos, como jovens ou indivíduo rebeldes (regidos por Aquário) que cometem atos tresloucados, como tiroteios em escolas. Isto sem contar dois atentados famosos que levaram embora um presidente da República (John Kennedy) e um ídolo mundial (John Lennon).

A LFC PODE SER FAVORÁVEL?

Já sabemos, então, que esta Lua simboliza desdobramentos imprevisíveis, sendo mais vantajoso cuidar de assuntos importantes quando ela estiver novamente em curso. Existiria algum bom uso que pudesse ser feito deste período? Sim, a Lua fora de curso é ótima para relaxar, deixar correr e se preocupar menos com horário e planejamentos!
Não é o melhor momento, portanto, para você pressionar alguém para saber de algum resultado ou trabalho, já que é como se todos estivessem um pouco mais "fora do ar". Mas é propícia para meditar, refletir, descansar e atuar com maior flexibilidade, uma vez que é frequente que programas combinados possam mudar sob esta influênciaou demorar mais do que o esperado. A LFC tem a cara do fim de semana, e quando acontece por muitas horas neste período, é pouco notada.
Ela é mais complicada, portanto, para objetivos. É comum que gere desvios, como algo que começa com um intuito e se torna outra coisa, ou então simplesmente se perde de alguma maneira. A "incomunicabilidade" da Lua, que não fará mais aspectos enquanto estiver em um signo, é o que geraria esta imprevisibilidade que a caracteriza.

TABELA DA LUA FORA DE CURSO PARA 2017

A tabela considera o horário de verão (de duas horas a menos em relação a Greenwich) até 18 de fevereiro, e depois o horário normal de Brasília (de três horas a menos em relação a Greenwich). O horário de verão volta a ser considerado a partir de 15 de outubro. Para outras localidades, será necessário somar ou subtrair horas de acordo com o fuso.
Ainda na tabela, o signo sinalizado é onde a Lua ingressa após entrar em curso novamente.
Fevereiro
·         14h51 até 23h51 do dia 02, em Touro
·         20h43 até 02h45 do dia 04, em Gêmeos
·         20h55 do dia 6 até 05h04 do dia 07, em Câncer
·         20h01 do dia 8 até 07h42 do dia 09, em Leão
·         03h53 até 11h53 do dia 11, em Virgem
·         10h37 até 18h44 do dia 13, em Libra
·         23h55 do dia 15 até 04h42 do dia 16, em Escorpião
·         17h39 do dia 17 até 16h53 do dia 18, em Sagitário
·         20h38 do dia 20 até 04h09 do dia 21, em Capricórnio
·         00h25 até 14h18 do dia 23, em Aquário
·         15h12 até 21h25 do dia 25, em Peixes
·         20h07 do dia 27 até 01h51 do dia 28, em Áries
Março
·         23h20 do dia 1 até 04h44 do dia 02, em Touro
·         12h21 do dia 03 até 07h07 do dia 04, em Gêmeos
·         05h23 até 09h55 do dia 06, em Câncer
·         12h00 até 13h47 do dia 08, em Leão
·         14h07 até 19h08 do dia 10, em Virgem
·         23h37 do dia 12 até 02h29 do dia 13, em Libra
·         07h06 até 12h12 do dia 15, em Escorpião
·         18h58 do dia 17 até 00h01 do dia 18, em Sagitário
·         07h39 até 12h32 do dia 20, em Capricórnio
·         10h21 até 23h29 do dia 22, em Aquário
·         02h57 até 07h08 do dia 25, em Peixes
·         07h20 até 11h12 do dia 27, em Áries
·         09h08 até 12h49 do dia 29, em Touro
·         20h13 do dia 30 até 13h41 do dia 31, em Gêmeos
Abril
·         11h44 até 15h28 do dia 02, em Câncer
·         17h46 até 19h14 do dia 04, em Leão
·         21h17 do dia 06 até 01h21 do dia 07, em Virgem
·         05h22 até 09h35 do dia 09, em Libra
·         15h20 até 19h43 do dia 11, em Escorpião
·         01h19 até 07h28 do dia 14, em Sagitário
·         15h27 até 20h06 do dia 16, em Capricórnio
·         06h58 até 07h53 do dia 19, em Aquário
·         15h24 até 16h44 do dia 21, em Peixes
·         18h35 até 21h34 do dia 23, em Áries
·         18h54 até 22h57 do dia 25, em Touro
·         22h20 até 22h40 do dia 27, em Gêmeos
·         18h29 até 22h49 do dia 29, em Câncer
Maio
·         17h24 do dia 01 até 01h13 do dia 02, em Leão
·         01h36 até 06h48 do dia 04, em Virgem
·         09h43 até 15h21 do dia 06, em Libra
·         20h00 do dia 08 até 02h02 do dia 09, em Escorpião
·         18h44 do dia 10 até 14h01 do dia 11, em Sagitário
·         23h15 do dia 13 até 02h39 do dia 14, em Capricórnio
·         07h23 até 14h51 do dia 16, em Aquário
·         21h34 do dia 18 até 00h53 do dia 19, em Peixes
·         00h40 até 07h12 do dia 21, em Áries
·         04h00 até 09h34 do dia 23, em Touro
·         16h09 do dia 24 até 09h16 do dia 25, em Gêmeos
·         03h19 até 08h26 do dia 27, em Câncer
·         04h00 até 09h13 do dia 29, em Leão
·         08h15 até 13h17 do dia 31, em Virgem
Junho
·         18h50 até 21h05 do dia 02, em Libra
·         05h58 até 07h47 do dia 05, em Escorpião
·         21h36 do dia 06 até 20h00 do dia 07, em Sagitário
·         03h21 até 08h37 do dia 10, em Capricórnio
·         15h46 até 20h46 do dia 12, em Aquário
·         02h41 até 07h19 do dia 15, em Peixes
·         08h34 até 14h56 do dia 17, em Áries
·         16h43 até 18h54 do dia 19, em Touro
·         01h27 até 19h45 do dia 21, em Gêmeos
·         15h47 até 19h08 do dia 23, em Câncer
·         15h45 até 19h08 do dia 25, em Leão
·         18h13 até 21h42 do dia 27, em Virgem
·         17h36 do dia 29 até 04h03 do dia 30, em Libra
Julho
·         10h18 até 14h00 do dia 02, em Escorpião
·         22h35 do dia 04 até 14h09 do dia 05, em Sagitário
·         11h13 até 14h46 do dia 07, em Capricórnio
·         23h13 do dia 09 até 02h36 do dia 10, em Aquário
·         09h42 até 12h52 do dia 12, em Peixes
·         14h02 até 20h53 do dia 14, em Áries
·         23h20 do dia 16 até 02h05 do dia 17, em Touro
·         03h12 até 04h32 do dia 19, em Gêmeos
·         02h42 até 05h11 do dia 21, em Câncer
·         03h06 até 05h35 do dia 23, em Leão
·         06h23 até 07h33 do dia 25, em Virgem
·         03h32 até 12h38 do dia 27, em Libra
·         18h31 até 09h24 do dia 29, em Escorpião
·         08h11 do dia 31 até 09h02 do dia 01, em Sagitário
Agosto
·         18h40 até 21h38 do dia 03, em Capricórnio
·         06h23 até 09h17 do dia 06, em Aquário
·         16h09 até 18h57 do dia 08, em Peixes
·         10h39 do dia 10 até 02h23 do dia 11, em Áries
·         05h02 até 07h41 do dia 13, em Touro
·         22h16 do dia 14 até 11h07 do dia 15, em Gêmeos
·         10h39 até 13h14 do dia 17, em Câncer
·         12h18 até 14h56 do dia 19, em Leão
·         15h31 até 17h26 do dia 21, em Virgem
·         17h03 até 22h06 do dia 23, em Libra
·         2h40 até 05h54 do dia 26, em Escorpião
·         06h39 até 16h49 do dia 28, em Sagitário
·         01h43 até 05h20 do dia 31, em Capricórnio
Setembro
·         13h31 até 17h07 do dia 02, em Aquário
·         02h17 até 02h29 do dia 05, em Peixes
·         17h30 do dia 06 até 09h02 do dia 07, em Áries
·         12h53 até 13h24 do dia 09, em Touro
·         21h55 do dia 10 até 16h30 do dia 11, em Gêmeos
·         15h36 até 19h13 do dia 13, em Câncer
·         18h24 até 22h10 do dia 15, em Leão
·         21h56 do dia 17 até 01h53 do dia 18, em Virgem
·         02h31 até 07h07 do dia 20, em Libra
·         10h06 até 14h41 do dia 22, em Escorpião
·         04h34 do dia 24 até 01h02 do dia 25, em Sagitário
·         08h09 até 13h25 do dia 27, em Capricórnio
·         21h15 do dia 29 até 01h41 do dia 30, em Aquário
Outubro
·         08h14 até 11h27 do dia 02, em Peixes
·         04h20 até 17h41 do dia 04, em Áries
·         19h39 até 20h57 do dia 06, em Touro
·         10h46 até 22h46 do dia 08, em Gêmeos
·         19h26 do dia 10 até 00h39 do dia 11, em Câncer
·         01h01 até 03h42 do dia 13, em Leão
·         03h29 até 09h20 do dia 15, em Virgem
·         09h28 até 15h36 do dia 17, em Libra
·         17h13 até 23h42 do dia 19, em Escorpião
·         09h36 até 09h58 do dia 22, em Sagitário
·         14h46 até 22h13 do dia 24, em Capricórnio
·         03h23 até 11h00 do dia 27, em Aquário
·         14h23 até 21h47 do dia 29, em Peixes
·         19h09 do dia 31 até 04h44 do dia 01, em Áries
Novembro
·         01h04 até 07h47 do dia 03, em Touro
·         07h30 até 08h27 do dia 05, em Gêmeos
·         08h41 até 08h46 do dia 07, em Câncer
·         03h15 até 10h30 do dia 09, em Leão
·         06h56 até 14h42 do dia 11, em Virgem
·         13h46 até 21h27 do dia 13, em Libra
·         22h51 do dia 15 até 06h20 do dia 16, em Escorpião
·         09h43 até 17h00 do dia 18, em Sagitário
·         22h28 do dia 20 até 05h15 do dia 21, em Capricórnio
·         08h34 até 18h15 do dia 23, em Aquário
·         00h38 até 06h15 do dia 26, em Peixes
·         10h10 até 14h31 do dia 28, em Áries
·         16h38 até 18h39 do dia 30, em Touro
Dezembro
·         23h54 do dia 01 até 19h22 do dia 02, em Gêmeos
·         17h14 até 18h38 do dia 04, em Câncer
·         15h57 até 18h38 do dia 06, em Leão
·         20h42 até 21h10 do dia 08, em Virgem
·         01h04 até 03h02 do dia 11, em Libra
·         10h28 até 12h00 do dia 13, em Escorpião
·         23h43 do dia 14 até 23h08 do dia 15, em Sagitário
·         11h11 até 11h35 do dia 18, em Capricórnio
·         01h38 do dia 20 até 00h30 do dia 21, em Aquário
·         08h14 até 12h43 do dia 23, em Peixes
·         00h49 até 22h28 do dia 25, em Áries
·         18h58 do dia 27 até 04h24 do dia 28, em Touro
·         12h02 do dia 29 até 06h32 do dia 30, em Gêmeos


                http://www.personare.com.br/


sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

2017: OXOSSÍ O ORIXÁ REGENTE E SATURNO O PLANETA REGENTE

Oxum e Oxossí


    

     Vamos falar sobre a Regência de 2017, o Orixá Comandante de        2017 e o Planeta regente de 2017.

     2016 foi um ano regido por Oxalá em todas as suas                          manifestações, trouxe o progresso de Oxaguiã (Oxalá Novo) 


     e a calma de Oxalufã (Oxalá Velho), um dos trabalhos                      iniciados neste ciclo que Oxalá dá abertura foi da clareza. Com        certeza 2016 foi o ano que os véus foram rasgados, máscaras            arrancadas e cada um de nós enfrentou com clareza e tivemos a        amplitude e discernimento para com as Coisas.

     


     O ano de 2017 ainda estará nesta influência, sob a regência do          Planeta Vênus que é o Planeta dos Apaixonados. Vênus trará            mais amor, mais compreensão e principalmente mais paixão, a        vida será e estará mais exaltada neste ano, porém deve-se tomar      cuidado com paixões furtivas e explosivas, e ainda mais cuidado      com a superficialidade pois todos estarão “Enamorados”

     O ano de 2017 trará a Regência do Orixá Oxossí, orixá da                fartura, do conhecimento, da disciplina e principalmente da              Ciência. Oxossí traz fome do Saber, traz vontade para evoluir,          será um ano muito propenso para começar e até mesmo retomar      estudos, cursos e afins. Um ano extremamente racional, Assim        como o Orixá da Fartura.


     



     Um ano que passará como o vento, a flecha rápida do Caçador        dos Orixás, será um ano de novas descobertas, descobertas estas      tanto na terra como fora dela, mas principalmente para com a          medicina, será um ano importantíssimo para pesquisadores e            cientistas, novas descobertas, como curas, vacinas e                          principalmente genéticas serão reveladas em 2017.

     A palavra do Ano é a “VONTADE” pois neste ano se você não        fizer, alguém fará por você. As pessoas estarão mais suscetíveis      ao Anarquismo, pois Oxossí não aceita ser mandado ou                    comandado, o povo falará muito mais alto e principalmente              alguns “Tabus” serão quebrados, enfim 2017 será um ano                renovador e esclarecedor, será um ano-chave para evolução              humana. 




     A Cor de 2017 é o Verde e O clima de 2017 será ameno, teremos      muitas chuvas torrenciais, será um ano “molhado” Além de              Oxossí, Oxum sua eterna companheira estará presente,                      principalmente em relações familiares, trazendo muito                      companheirismo e fortalecimento do laço familiar entre as                pessoas, Sua regência será mais presente a partir de Julho.

     Assim Oxossí é o Orixá regente do ano de 2017.

  



    Balanço de 2016

    O ano de 2016 se foi e com ele muitas coisas boas e ruins se             foram. Talvez no balanço desse ano de 2016 podemos verificar o     quanto podemos ter evoluído, ou não. Novos amigos, novos             amores, novos rumos talvez aconteceram na vida de cada um de       nós. Aprendizagens que guardaremos pelo resto de nossas vidas,     lições que nos fizeram refletir. E assim o ano de 2016 se foi. E         agora estamos nos preparando para uma nova caminhada, novas       lições, novos rumos, novas alegrias, e possíveis decepções. Já           nos preparamos de uma maneira esperançosa para o novo ano           que está chegando, para quem sabe possamos vencer todos os           obstáculos, e progredir ainda mais a nossa evolução espiritual. 
    E como sempre acontece, muitos de nós ficamos interessados 
    ou apenas curiosos em saber qual será ou serão os Orixás que           vão reger o novo ano.



      Resumo do Ano de 2017

       No ano de 2017 o Orixá regente será o Senhor das                     matas e florestas, nosso Pai Oxossí, que regerá                             intensamente por todo ano, tendo como companhia a               partir do mês de julho a força divina da Senhora das                 cachoeiras, a bela Orixá Oxum.  

      Resumindo, e respondendo à pergunta mais                                 simplesmente, ao ser perguntado qual Orixá vai reger o           ano de 2017, podemos certamente dizer Oxossí, que será         o Orixá dominante desse ano. 

      O ano de 2017 será um ano com passagem bem                           rápida, assim como a velocidade de uma  flecha,                         portanto para quem desejar vencer seus obstáculos,                   chegar a um objetivo desejado, deverá ser ágil, perspicaz,           e não se deixar ser tomado pelo comodismo, pois ao piscar de           olhos poderá ficar para trás perdendo boas oportunidades.






     Para saber o Planeta Regente do Ano recorremos à tradição
     astrológica que revela que cada planeta governa por um ciclo de      36 anos e que durante este período vivemos sob a dinâmica              deste planeta e suas características darão o tom desse período.

    Estamos sob o domínio do Sol desde 1981, o que significa que o     brilho pessoal, tendência ao egocentrismo ( ex: selfies),                     necessidade de marcar sua individualidade no mundo estão               permeando às nossas consciências e atitudes neste ciclo que             terminou em 2016.



    Sendo assim, em 2017, troca a regência segundo a sequência dos     governantes do ciclo, entramos na era de Saturno, damos “uma         baixada de bola” e controlamos o ego, por isso o Orixá Regente é     Oxossí com o seu espírito de austeridade, economia e restrição         irá nos guiar. Pagaremos então a conta da prepotência e orgulho       excessivos do período regido pelo Sol. A importância pessoal cai     em desuso e nos damos conta dos nossos limites de meros                 mortais.

    A sequência dos planetas regentes dos ciclos é: Saturno, Vênus,       Júpiter, Mercúrio, Marte, Lua, Sol e volta a sequência Saturno,         Vênus, etc. Cada ano é regido por um dos planetas que é                   chamado de Planeta Regente do Ano que imprime suas                     características particulares para cada ano.

Vênus - Botticelli
                                        

    Para determinar o Planeta Regente do Ano seguimos o método: 
    o ano que inicia o ciclo é sempre regido pelo planeta que                 governa o ciclo e seus subsequentes obedecem à seguinte ordem:     Sol, Vênus, Mercúrio, Lua, Saturno, Júpiter e Marte. Como no         ano que iniciou o Ciclo do Sol em 1981 foi regido pelo Sol e na       sequência: 1982/Vênus, 1883/Mercúrio, 1984/Lua, 1985/                 Saturno, 1986/Júpiter, 1987/Marte e 1988/Sol novamente                 reiniciando-se a sequência.

     Como Saturno é nosso regente em 2017, imediatamente é dado        ao Orixá Oxossí a regência do ano de 2017.



      Referências:
1-                 http://umbandadejesus.blogspot.com.br/

LUA FORA DE CURSO LFC

Hoje vamos falar sobre um fenômeno astrológico muito comum e que afeta a todo mundo gerando muita curiosidade.  A Lua está sempre em m...